Our Blog

Se existe alguma coisa desonesta em ciência política é a afirmação de que o PSDB é de direita e o PT de centro. Não foi a direita que encampou o PSDB, foi o PSDB que venceu a direita, destruindo-a, juntamente com o PT. A hegemonia da esquerda é total. O fato de FHC ter feito um governo sóbrio e responsável não o transforma em direitista. Inversamente, seu governo deu gás ao distributivismo. O PT levou o distributivismo às últimas consequências. Tem feito uma gestão irracional do Estado. Orçamento deficitário é exemplo do descaso. Curvar-se às leis econômicas fundamentais e fazer gestão responsável não faz de ninguém direitista, apenas realista. FHC, assim como o PT, implantou no que pode a revolução cultural. Aborto estatizado, casamento homossexual, liberação das drogas. Tudo. A direita persistiu não em partidos, mas em indivíduos eleitos por diversos deles. A nova legislatura que tomou posse em 2015 mostrou isso. Esses parlamentares preservaram o senso de ordem, de honra, de cristianismo que é o anseio da maioria dos brasileiros. Eduardo Cunha é sua face. Parte dessa direita é patrimonialista, como aliás a maior parte de nossos políticos. Essa gente, todavia, é conservadora nos costumes. O articulista passou por sobre o fato de que, no Brasil, a estratégia das tesouras, do Lênin, funcionou perfeitamente. PSDB e PT são lâminas da mesma tesoura esquerdista.
http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrissima/232758-o-desafiante.shtml

administrator

So, what do you think ?


oito × = 40