Our Blog

Adorei ler a novela de Houellebecq, Submissão. Uma fábula bem feita para narrar a possível chegada dos islamitas ao poder de Estado na França. Sem disparar um tiro, a novela narra como a classe letrada se vende ao islamismo e a ele adere com alegria. Em troca de dinheiro e esposas. Definitivamente, não creio que os islamitas cheguem ao poder pela via pacífica. Haverá resistência. Dois mil anos de história jazem dormentes. A qualquer momento a reconquista poderá novamente ser posta em marcha. Os meios tecnológicos e espirituais do Ocidente resolverão. O câncer ocidental é o ateísmo. Se essa canalha pode aderir ao islã, pode novamente ser batizada. A mensagem cristã é perene. O islamismo é uma caricatura religiosa, uma heresia cristã, como bem apontaram grandes autores. Não tem força para ser hegemônico. Ademais, as conversões ao islã sempre se deram pela espada. Mas a espada do ocidentes sempre venceu, desde Lepanto, desde Viena. Seria divertido, todavia, ver essas mulheres feministas usando burca e compondo um harém. Se bem que nem sempre têm os dotes físicos de esposa. Li o livro de Houellebeck de uma sentada. Não conseguia parar e largar. O autor constrói bem os personagens, que ganham vida diante de quem lê.

administrator

So, what do you think ?


cinco + = 14