Todos conhecemos as “viúvas” de Lula: os militantes do PT, seus eleitores alienados, os comunistas radicais que nunca chegarão ao poder, os empresários oportunistas que enriqueceram com ele e Dilma na Presidência, jovens universitários candidatos a comissários do povo, artistas viciados em boquinha estatal, os militantes alugados que recebiam diárias e pão com mortadela e

Read more…

“Se a treva fui, por pouco fui feliz. Se acorrentou-me o corpo, eu o quis. Paulo Mendes Campos   Um dia depois da condenação Lula continua a conclamar sua militância a não sei que gesto para resistir à decisão da Justiça. Ele erra não apenas como cidadão, sujeito às leis que é, mas como líder

Read more…

O recente debate no Youtube entre Olavo de Carvalho e Paulo Roberto de Almeida, embora profundo, me deixou com gosto de “quero mais”. Coincidiu que eu estava lendo o livro de Eric Voegelin editado pela É Realizações, o volume I da História das Ideias Políticas (Helenismo, Roma e Cristianismo Primitivo). Lá Voegelin esboça uma teoria

Read more…

A nação queda à espera do novo presidente, que marcará a superação da nefanda era do mensalão e do petrolão, equivale a dizer, da era do PT.  Hora de consultar o futuro, de perguntar ao oráculo o que será o amanhã, ou seja, os próximos dois ou três anos, período em que a nova correlação

Read more…

Certos liberais estão apegados ao sucesso econômico da China como se ali tivéssemos a prova empírica das verdades liberais, um suposto triunfo do liberalismo. Um grande equívoco. O liberalismo chinês é, no dizer de Mark Lilla, um “mercantilismo despótico”. Despótico sim, porque o regime político chinês é de partido único, sem independência do Legislativo e

Read more…

O ano de 2018 será marcado pelas eleições presidenciais, cujo prognóstico hoje está prejudicado pelas indefinições de candidatos. Lula será condenado? Será preso? Ficha suja? Sujo ele é, sua biografia só pode ser escrita a partir do esgoto comunista em que se meteu, mas a questão aqui é formal). Quem será o candidato de centro?

Read more…

Fulminante: quando ficou pública a fala racista de William Waack, horas depois o jornalista foi destituí­do da bancada do Jornal da Globo e do ótimo programa que fazia na Globo News, o Painel. A revista Veja que chegou às bancas deu capa para o episódio, atribuindo o fato às redes sociais. Não é episódio trivial

Read more…

Nota do ex-ministro Bresser Pereira no Facebook (Ver aqui) com o tí­tulo acima é pertinente pela pergunta que propôs, não pelas respostas que tentou dar. Bresser está cada vez mais esquerdista e nacionalista e perdeu o senso do real. Não apenas as empresas estatais estão sendo postas à  venda, mas também empresas privadas de todos

Read more…

Tive resistência íntima para ver a série da Neflix Gypsy, pois tudo me levava a crer que seria mais uma filmagem para propaganda da causa gay, no caso feminina. A diretora é a mesma do 50 Tons de Cinza. O problema é que o tí­tulo me puxava, algo me lembrava da cigana da ópera Carmen.

Read more…

O Brasil vive a mais profunda crise econômica de sua história, concomitante com uma não menor crise política. Os melhores analistas nos ensinam que sair de uma é condição para sair da outra. A questão é saber qual será superada primeiro e quando. A sensação generalizada no país é que o sufoco não termina nunca

Read more…