ORTEGA E AS CIRCUNSTÂNCIAS 22/07/2008   A mais famosa frase cunhada por Ortega y Gasset, ele que era um escritor que construía frases memoráveis a cada página escrita, é: “Eu sou eu e a minha circunstância e se não a salvo, não salvo a mim mesmo”, posta no intróito ao livro Meditaciones del Quixote”. Depois

Read more…

MEDITANDO COM ORTEGA 13/09/2008   O livro Meditaciones Del Quijote, de Ortega e Gasset, é notável não apenas pelo conteúdo e pelo lugar central que ocupa na obra do autor, mas também porque nele contém uma Nota ao Leitor (responsável por 20% do texto da obra) que é uma espécie de manifesto filosófico e uma

Read more…

O DITO DE PEDRO 04/07/2007   Eu fico com as palavras de Pedro, citadas nos Atos (5,29): “Mais importa obedecer a Deus do que aos homens”, entendido esse último coletivo como o Estado. Se você, meu caro leitor, está sentindo o desconforto que eu sinto, se está desanimado com os desmandos da oclocracia que nos

Read more…

Moral e política 4 de Junho de 2002   “History is again on the move” (Toynbee). Fazer política não é necessariamente fazer o bem. Essa verdade é tão antiga quanto a obra de Maquiavel. O grande perigo é justamente confundir os campos de ação, o da moral e o da política. No âmbito moral, temos

Read more…

PREGAÇÃO DO MAL 25/11/2005 Tive o desprazer de ler o escabroso livro do Dan Brown, “Código Da Vinci”. Não queria lê-lo, mas circunstâncias colocaram a tarefa para mim como inevitável. De mais a mais, trata-se do maior fenômeno de vendas dos últimos tempos no mercado livreiro internacional e nacional e cabia-me saber o que levava as multidões a comprá-lo.

Read more…

150 ANOS DE FREUD 07/05/2006   Pode-se questionar a obra de Freud de muitas formas, a começar pela discutível obtenção de resultados terapêuticos da psicanálise aplicada, pelos métodos de pesquisa que não resistem a um exame poperiano, pelo reducionismo absurdo à questão da sexualidade enquanto gênese do “mal-estar da civilização”. Endosso todas essas críticas. Pode-se inclusive

Read more…

OS FILHOS DO FAUSTO 15/05/2011   “Esse é a quem amo, quem almeja o Impossível”.   Goethe   É preciso sublinhar um fato importante na  obra FAUSTO, de Goethe: os nascimentos que ocorrem ao longo da obra. O filho  de Fausto assassinado por Gretchen; o filho da filosofia (ou da alquimia), o  Homúnculo; e o filho

Read more…

A INSUFICIÊNCIA DE ORTEGA Y GASSET 31 de março de  2010 Venho de reler  vários dos ensaios de Ortega y Gasset, em especial aqueles  que tratam da formação da modernidade. Sublinho o “Ideas  y creencias” e o saboroso “Em torno a Galileo – (Esquema de las crisis)”. Este último escrito em 1933, em comemoração aos 

Read more…

O DRAMA DE CASSIRER 15/09/2007     “Revesti-vos da armadura de Deus, para  poderdes resistir às insídias do diabo. Pois o nosso combate não é contra o  sangue e nem contra a carne, mas contra os Principados, contra as  Autoridades, contra os Dominadores deste mundo de trevas, contra os Espíritos  do Mal, que povoam as

Read more…