PREGAÇÃO DO MAL 25/11/2005 Tive o desprazer de ler o escabroso livro do Dan Brown, “Código Da Vinci”. Não queria lê-lo, mas circunstâncias colocaram a tarefa para mim como inevitável. De mais a mais, trata-se do maior fenômeno de vendas dos últimos tempos no mercado livreiro internacional e nacional e cabia-me saber o que levava as multidões a comprá-lo.

Read more…

150 ANOS DE FREUD 07/05/2006   Pode-se questionar a obra de Freud de muitas formas, a começar pela discutível obtenção de resultados terapêuticos da psicanálise aplicada, pelos métodos de pesquisa que não resistem a um exame poperiano, pelo reducionismo absurdo à questão da sexualidade enquanto gênese do “mal-estar da civilização”. Endosso todas essas críticas. Pode-se inclusive

Read more…

OS FILHOS DO FAUSTO 15/05/2011   “Esse é a quem amo, quem almeja o Impossível”.   Goethe   É preciso sublinhar um fato importante na  obra FAUSTO, de Goethe: os nascimentos que ocorrem ao longo da obra. O filho  de Fausto assassinado por Gretchen; o filho da filosofia (ou da alquimia), o  Homúnculo; e o filho

Read more…

A INSUFICIÊNCIA DE ORTEGA Y GASSET 31 de março de  2010 Venho de reler  vários dos ensaios de Ortega y Gasset, em especial aqueles  que tratam da formação da modernidade. Sublinho o “Ideas  y creencias” e o saboroso “Em torno a Galileo – (Esquema de las crisis)”. Este último escrito em 1933, em comemoração aos 

Read more…

O DRAMA DE CASSIRER 15/09/2007     “Revesti-vos da armadura de Deus, para  poderdes resistir às insídias do diabo. Pois o nosso combate não é contra o  sangue e nem contra a carne, mas contra os Principados, contra as  Autoridades, contra os Dominadores deste mundo de trevas, contra os Espíritos  do Mal, que povoam as

Read more…

    Acabei de ler a Introdução espetacular do editor Sonu Shamdasani ao LIVRO VERMELHO, de Jung. Muita coisa que estava obscura em mim clareou. É claro que Jung fez das próprias experiências esquizofrênicas o material sobre o qual tentou fazer ciência. Foi bem sucedido. É claro também que Jung aqui se revelou por inteiro

Read more…

A  LOUCURA DOS DIREITOS HUMANOS 24 de janeiro de 2010 Eu  ganhei de um dileto amigo um exemplar do livro Tratado Luso-brasileiro da Dignidade Humana,  em sua segunda edição atualizada e ampliada (Editora Quartier   Latin do Brasil, São Paulo, 2009), obra gigantesca  que contem quase 1500 páginas, escrita por dezenas de autores. De imediato  ela

Read more…

Temos sido escravos de alguns economistas e sociólogos defuntos, que determinam uma maneira de pensar o Brasil mais das vezes distorcida e, mesmo, errada. É o legado do esforço que os brasileiros fizeram para se libertar de Portugal. Nesse esforço – legítimo – foi criada uma palavra de ordem que, depois, os ativistas intelectuais de

Read more…

VAN GOGH E NIETZSCHE 06/04/2007   Estou em rápida passagem por Amsterdã e hoje tive a rara oportunidade de visitar o museu dedicado a Van Gogh. Em belíssimo prédio modernista, que contrasta com a arquitetura tradicional da cidade, aloja o melhor do pintor holandês. Algumas de suas telas causaram-me forte impressão e não pude deixar

Read more…