O fracasso político-eleitoral das idéias liberais em todo o mundo é patente. O discurso sobre o liberalismo tende a encantar certo tipo de platéia de intelectuais e acadêmicos. Acredito que no Brasil essa platéia não encheria um ônibus, incapaz portanto de encontrar nomes passíveis de empolgar a opinião pública. O discurso liberal, centrado na exaltação da propriedade

Read more…

A saída de Marina Silva do ministério do Lula é um emblema de como agem os revolucionários em um meio democrático. O PT tornou-se o partido-ônibus dos diferentes revolucionários, que clamam por diferentes bandeiras políticas, tendo em comum o propósito de mudar tudo que está aí, a herança de 500 anos, como gostam de falar.  

Read more…

O desesperado gesto do primeiro-ministro grego de remeter o “pacote” europeu a referendo plebiscitário precisa ser compreendido. Há grandes equívocos teóricos sobre a questão da democracia. Esta não é regime político, é mero instrumento de escolha de dirigentes. A radicalização que grupos de esquerda querem fazer do instrumento democrático de escolha de dirigentes é um

Read more…

A abertura da 1ª CONFECOM agora à noite foi além das minhas piores expectativas. A platéia, basicamente tomada por militantes esquerdistas, é a própria materialização do homem-massa no poder. O clima era de festa, lembrava um show de auditório. Por várias vezes soaram aplausos como se fosse um show de artista popular, tentando apressar o

Read more…

Hoje está uma linda manhã de sol, um dia luminoso nesse tempo outonal paulistano. Esses profetas do apocalipse do aquecimento global não cansam de errar, pensou Quinhocom seus botões. Povo mentiroso, esses comunistas do clima, que fazem alarido apenas para ganhar verbas do governo e abolir a liberdade das pessoas. Pior, para apressar a instalação do

Read more…

Pode-se questionar a obra de Freud de muitas formas, a começar pela discutível obtenção de resultados terapêuticos da psicanálise aplicada, pelos métodos de pesquisa que não resistem a um exame poperiano, pelo reducionismo absurdo à questão da sexualidade enquanto gênese do “mal-estar da civilização”. Endosso todas essas críticas. Pode-se inclusive alargá-las na abordagem que ele fez

Read more…

Tenho que escrever algumas palavras sobre a passagem do natalício de Fernando Henrique Cardoso, data que até rachou o elo entre Lula e seu poste, Dilma. Esta ousou homenagear o aniversariante. Mas Lula tem o motivo mais pragmático para espinafrar seu antecessor: continua sendo FHC a única personalidade capaz de enfrentá-lo nas urnas e vencê-lo.

Read more…

Um certo Sr. Garçon, residente em Minas Gerais, fez algumas observações equivocadas sobre os meus escritos dos últimos dias, enfocando a temática do Oriente Médio, tendo-as recebido através de um amigo mineiro. Tomo as observações como mote porque elas espelham a ignorância que grassa em meio à intelectuária ocidental, mormente aqui na terra de Santa Cruz. E a palavra intelectuária aqui

Read more…

Um dos comentários mais brilhantes e corretos que li sobre a guerra em curso no Afeganistão foi publicado pelo professor Mendo Castro Enriques no jornalEuronotícias e que também está disponível no site do professor Ricardo Bergamini (www.rberga.hpg.ig.com.br). É uma aguda percepção psicológica das contradições que residem na alma do Ocidente diante do Outro e diante da guerra. Dois pontos ele

Read more…

Um balanço dos atentados de 11 de setembro e da retaliação da aliança ocidental contra os terroristas mostra que Bin Laden e seu grupo perderam feio. A destruição da estrutura de poder do Taleban e da sua rede terrorista já está praticamente consumada. E, para piorar as coisas, os demais países que apoiavam o terrorismo islâmico não mais deverão se

Read more…